SEE ADVANCE

RT: Dr. Rodrigo Machado Cruz | CRM-DF 9603 | RQE 3061

RETINOBLASTOMA

O que é?

Trata-se de um tipo de câncer que se origina nas células embrionárias da retina. É o tumor ocular mais comum em crianças, atingindo meninos e meninas na primeira infância. Na maior parte dos casos aparece em apenas um dos olhos, mas o acometimento de ambos pode ocorrer. Apenas 10% dos casos são hereditários.

Quais são os sintomas?

Reflexo branco na pupila, chamado de leucocoria, em vez da pupila preta. Esse reflexo costuma aparecer quando a criança tira uma fotografia com flash. Outros sintomas são estrabismo, olho vermelho ou dolorido, inflamação ocular e mudança na cor da íris.

Como é o diagnóstico?

É feito por meio de um exame de fundo de olho, chamado de mapeamento de retina, com dilatação da pupila. Para confirmação e definição do tratamento também é necessária uma ultrassonografia ocular. A tomografia computadorizada e a ressonância magnética são importantes para descobrir se houve a extensão do tumor para a órbita, nervo óptico ou cérebro. Em alguns casos, o retinoblastoma pode ser detectado pelo Teste do Olhinho, realizado nos primeiros dias de vida.

Em alguns casos, o retinoblastoma pode ser detectado pelo Teste do Olhinho, realizado nos primeiros dias de vida. Este teste, no entanto, é incapaz de identificar lesões pequenas e periféricas da retina. Somente o mapeamento de retina ou realização de fotografias da retina com o RetCam podem identificar estes casos, propiciando um tratamento mais precoce, sempre mais fácil e menos traumático.

Como é o tratamento?

Pequenos tumores podem receber tratamento local com laser ou crioterapia (congelamento das células), que podem preservar a visão da criança. Quando maiores, maior a necessidade de quimioterapia ou radioterapia aliada ao tratamento local. Em casos avançados é feita a enucleação, ou seja, a remoção do globo ocular, com ou sem realização de radioterapia e quimioterapia.

(61) 3346-0210
Atendimento
Olá!
Bem vindo a SEE Advance! Como podemos ajudar?